PUBLICIDADE

A caspa é um problema que atinge homens e mulheres de todas as idades e requer atenção e cuidado durante todo o ano. Causada por diversos fatores, como genética, má alimentação, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, e estresse do dia a dia, a descamação no couro cabeludo não tem cura, mas pode ser controlada por meio de tratamento.

Embora apareça com maior frequência no inverno, graças às baixas temperaturas que ressecam a pele, pode se agravar no verão, quando as altas temperaturas e a umidade elevada na cabeça, ocasionada por suor ou pelo contato frequente com água do mar e da piscina, aumentam as chances de proliferação de fungos e bactérias. 

1 – Mantenha os fios limpos e invista na hidratação e nutrição 
De acordo com Luciana Maluf, dermatologista e consultora de beleza da Condor, a principal solução para tratar e amenizar os sintomas é prezar pela limpeza dos fios e investir em nutrição e hidratação. “A lavagem frequente com água morna ou fria, a utilização de shampoos e condicionadores específicos para seu tipo de cabelo e de pele, e a preferência por produtos que ajudem a repor os nutrientes e manter a hidratação dos fios são fundamentais”, orienta. 

Na opinião da especialista, shampoos antirresíduos e anticaspa também ajudam a resolver o problema ao eliminar as impurezas e o acúmulo de ativos dos produtos diários. Mas, por não tratar os fios e ainda acirrar o ressecamento, eles não fazem o trabalho sozinhos. “Recomendo aos meus pacientes intercalar o uso de produtos anticaspa com os que têm como finalidade hidratar”, complementa a dermatologista e consultora de beleza da Condor.

2 – Evite lavar em excesso
Vale lembrar que o excesso de lavagens também é um fator prejudicial aos fios, que precisam da oleosidade natural para estarem protegidos de danos externos e crescerem fortes e saudáveis. “Manter a higienização não significa lavar os cabelos a toda hora, algo que os deixa ressecados e frágeis”, acrescenta a Dra. Luciana Maluf.

3 – Não deixe os cabelos úmidos por muito tempo e evite o acúmulo de produtos 
Outra dica importante é remover completamente os produtos ao lavar a cabeça e evitar deixá-la úmida por muito tempo. Ou seja, dormir com o cabelo molhado é um péssimo costume para quem sofre com a caspa. Para secá-los, o ideal é enxugar bem com uma toalha e utilizar o secador na temperatura morna e a uma distância de aproximadamente 30 cm da cabeça, para evitar queimaduras e ressecamento.

4 – Use escovas apropriadas 
O tipo de escova utilizado também pode ajudar a amenizar a caspa. A Condor possui uma linha especial de escovas que contemplam as funções de desembaraçar ao mesmo tempo em que massageiam a raiz, processo que ajuda a estimular a produção de óleo no couro cabeludo e minimizar a descamação.

Escova para cabelos da linha Megatrends, com raquete almofadada: Ideal para cabelos secos e para soltar as ondas de toda a estrutura do fio. (REF 9640 – Preço Sugerido R$40)

Escova da linha Divas: Indicada para desembaraçar todos os tipos de cabelos. Pode ser utilizada em cabelos secos ou úmidos. (REF 9820 – Preço Sugerido R$23)

Escova para cabelos da linha Life Style: Ideal para desembaraçar cabelos secos e úmidos. (REF 9530 – Preço Sugerido R$29)

5 – Tenha uma vida leve e equilibrada 
Além dos cuidados com os cabelos e a cabeça, manter uma vida equilibrada, com hábitos mais saudáveis e que proporcionem a sensação de bem-estar físico e mental também ajudam no tratamento. Lembre-se que fórmulas e remédios caseiros não são recomendados, e ainda podem agravar a situação.  Em casos mais graves, o ideal é procurar um dermatologista para indicar qual o tratamento adequado e se há necessidade da utilização de loções, medicamentos e até fototerapia.