Halls Art Nouveau e Art Deco | OMA

Imagem acima: Villa Empain

O hall de entrada nos prédios e casas é um espaço muito importante, por ter a função de receber e apresentar o lugar para aqueles que estão entrando, funcionando como cartão de visita; a primeira impressão que se tem quando ao entrar. Hoje vemos muitos halls modernos, mas têm dois movimentos que foram muito importantes para a arquitetura e interiores, e que são ótimos para dar mais personalidade ao espaço: o Art Nouveau e o Art Deco.

Independente do estilo, por ser um ambiente de espera e passagem, alguns pontos devem ser levados em consideração e fazem total diferença na hora de projetar um hall:

  • pé direito mais alto;
  • mobiliário solto em pouca quantidade para não obstruir a circulação;
  • decoração leve e agradável ao olhar;
  • aproveitar a verticalidade investindo em quadros e esculturas;
  • ganchos para casacos e suporte para guarda-chuvas são bem-vindos, algumas casas gostam de sapateiras no hall também.

Aqui no blog já fiz posts sobre Art Nouveau e Art Decó, mas sempre vale relembrar as características de cada um:

ART NOUVEAU

Movimento artístico que surgiu no final do século 19 na Europa, voltado ao design, arquitetura e às artes plásticas. Particularmente, é um estilo que me agrada muito, pelas formas orgânicas inspiradas na natureza em suas folhagens, flores e animais, além dos materiais como o ferro e o vidro, que eram bastante valorizados na época. Nomes como Antoni Gaudí fortificaram o movimento na arquitetura com linhas curvas e irregulares, e com os mosaicos; Casa Batlló e a Catedral da Sagrada Família são obras lindas que vale pesquisar e conhecer. Separei algumas referências de halls Art Nouveau:

Imagem acima: Casa Batlló

Imagem acima: Four Seasons Hotel Gresham Palace Budapest

Imagem acima: Four Seasons Hotel Gresham Palace Budapest

Imagem acima: Hotel Tassel

Imagem acima: Hotel Max Hallet

Imagens acima: Casa del Ingeniero Holtz

ART DECO

Com origem na Europa do século 20, o movimento ganhou força a partir da Exposição Internacional de Artes Decorativas e Industriais Modernas que ocorreu em Paris em 1925, visto pela época ultramoderno e de alto luxo. O Art Deco se caracterizava pela simplicidade da forma, valorizava a figura feminina, animais e formas geométricas, sem abrir mão de materiais requintados como marfim, jade e laca. Muitos arquitetos e designers aplicam o Art Deco até hoje; é comum vermos no interior de casas e apartamentos, e nos halls de entrada o estilo funciona super bem também, olha só: 

Imagem acima: Hotel Palmer House

Imagem acima: Hotel Britania

Imagem acima à direita: Alice & Fifth

Imagens acima: Alice & Fifth e Beefbar Paris

Imagens acima: Restaurante Salon Sacher e Projeto de Interiores por MuseLab

Imagem acima: Loja Glossier Miami

Imagem acima: Metropolis Las Vegas

Esse é um conteúdo feito pelo Casa de Valentina com apoio da OMA, que na nossa opinião é a melhor empresa para cuidar do seu imóvel 😉

Fontes: Infoescola.com, Archibrasil.wordpress.com, Estadodeminas.lugarcerto.com.br
Imagens: La.curbed.com, Architecturaldigest.com, Mylusciouslife.com, Quiltersblog.com, Messynessychic.com, Ad-magazine.de, Arte.paintingideas.club, Interiordesign.net, Impressiveinteriordesign.com, Living.corriere.it, Fourseasons.com, Sarahakwisombe.com, Davidvictorvector.blogspot.com, Lamag.com, Bradsknutson.com, Deringhall.com, Thecoolhunter.net, Magazine.bellesdemeures.com, Hotel-britania.com, Culturecrusaders.com, Commons.wikimedia.org, Las-vegas-penthouses.com, Hiddenarchitecture.net, detalhesdoceu.blogspot.com

Casa de Valentina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo