PUBLICIDADE

Então você deslizou para a direita no app de paqueras. O primeiro encontro foi * bom *. Então você se agachava casualmente para persegui-los nas redes sociais e descobrir seus sinais e … você é o oposto das almas gêmeas, de acordo com a Internet. Hora de bloqueá-los para sempre e evitar um relacionamento condenado? Eh, faça isso em seu lugar.

  1. Faça com que eles escrevam para a mãe
    Para descobrir realmente a compatibilidade, você vai querer ver o mapa de nascimento deles. E para conseguir isso, você precisa da hora e do local exato em que nasceram. Melhor do que solicitar assustadoramente estranhos (ou seja, seus pais) para obter esta informação: peça-lhes que perguntem diretamente à mamãe.
  2. Encontre padrões
    Vamos dar uma olhada nos planetas no gráfico potencial de vaias: o Sol revela suas preferências externas, a Lua governa suas emoções, Mercúrio governa a comunicação, Vênus é associada a amor e valores, e Marte simboliza o desejo sexual. Observe em que signo está o planeta – e como eles interagem com os planetas e signos em seu próprio mapa. Como regra geral, os signos de fogo (Áries, Leão, Sagitário) e os de ar (Gêmeos, Libra, Aquário) vibram bem juntos, enquanto os signos de terra (Touro, Virgem, Capricórnio) e os signos de água (Câncer, Escorpião, Peixes) têm uma ~ conexão especial ~.
  3. Abrace a tensão
    Haverá áreas de seus gráficos que gritam compatibilidade (todas as correspondências de Lua e Vênus são especialmente românticas) e outras que não são (Mercúrio e Marte, por exemplo, podem ser combativas). Mas! Na astrologia, os pontos de conflito não são necessariamente negativos. A tensão pode impulsionar o momento e encorajá-lo a mudar sua perspectiva (basicamente, ajuda a resolver suas coisas).
  4. Astrologia é compaixão
    Ouça, se sua compatibilidade geral não está ótima, tudo bem. Tente flexionar seus músculos da empatia de qualquer maneira – afinal, mesmo os gráficos de nascimento melhores do que uma verificação de antecedentes não decodificam completamente nossas complexidades. No final das contas, astrologia é sobre compaixão, sabe?