Vivendo e aprendendo: Overbooking, voo cancelado e atrasado – Veja o que fazer e conseguir sua indenização

overbooking

Overbooking, voo cancelado e atrasado são situações que ninguém quer passar quando vai viajar, mas infelizmente acontecem com certa frequência, seja no Brasil, seja no exterior. Ainda que na hora gere muito estresse, são problemas que tem solução e que você, como passageiro, tem diversos direitos, inclusive a ser indenizado financeiramente por isso.

Hoje em dia é muito mais fácil ter acesso aos seus direitos e indenizações devidas, já que as leis estão mais rígidas e há empresas que auxiliam de forma prática e cômoda você ir atrás dos seus direitos, sem se desgastar. Esse é o caso da Liberfly.

voo cancelado

Atuando desde 2016 para reparar danos de passageiros que sofreram problemas de atraso e cancelamento de voo, overbooking e outras questões em voos no Brasil e exterior, a Liberfly faz todo o processo de maneira muito fácil e tudo online.

Veja abaixo seus direitos e como conseguir sua indenização por voo cancelado, atrasado e overbooking.

Voo atrasado e cancelado

voo atrasado

Em casos de atraso ou cancelamento de voo, a Resolução nº 400/2016 da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) prevê direitos aos passageiros. Nesses casos as companhias aéreas devem oferecer gratuitamente assistência material, de acordo com o tempo de atraso. Veja:

– A partir de 1 hora: fornecer meios de comunicação (internet, telefone, etc) para você avisar amigos e parentes sobre o atraso.

– A partir de 2 horas: fornecer alimentação (voucher, refeição, lanche, etc) aos passageiros.

– A partir de 4 horas: fornecer hospedagem e transporte de ida e volta, em caso de pernoite no aeroporto. Se você estiver no local de seu domicílio, a empresa poderá oferecer apenas o transporte para sua residência e desta para o aeroporto.

Em casos de atrasos superiores a 4 horas, cancelamentos ou interrupção de voos, a empresa aérea deverá oferecer opções para reacomodar o passageiro em um voo próprio ou de outra companhia aérea, reembolso integral ou execução do serviço por outro meio de transporte (em caso de destinos próximos). Quem escolhe a melhor opção deve ser o próprio o passageiro.

Importante dizer também que qualquer alteração de voos deve ser sempre informada aos passageiros, com antecedência de 72h em relação ao horário do voo original. Caso isso não seja cumprido ou houver uma mudança drástica de horário (30 minutos em voos nacionais e 1h em voos internacionais), o passageiro tem o direito de não concordar com a mudança e solicitar reacomodação (em voo próprio ou de outra empresa) ou reembolso integral da passagem.

Overbooking

voo atrasado, cancelado e overbooking

Overbooking ou preterição de embarque é quando a companhia aérea nega o embarque de passageiros, mesmo que esses tenham cumprido todos os requisitos para embarcar.

Os motivos para que o overbooking aconteça são vários: desde uma mudança de aeronave (com um numero menor de assentos do que inicialmente previsto para aquele voo), até acomodação de outros passageiros que perderam suas conexões (em caso de atrasos de voos anteriores), até a pior prática que é a venda de mais assentos do que realmente existe.

Problema com companhia aerea

Ainda que seja uma prática proibida no Brasil, o overbooking acontece por aqui e no exterior, sendo tratado de diferentes maneiras. Nos EUA e Europa é comum haver uma transparência maior na prática, com a companhia aérea pedindo voluntários para trocar suas passagens, ganhando também compensação material e financeira.

No Brasil, quando o overbooking acontece, há em geral muita confusão e falta de informação e transparência das companhias aéreas. Foi o que aconteceu pessoalmente comigo no ano passado, num voo para Nova York. Até 30 minutos antes do voo partir, eu e mais um grupo de pessoas ficamos numa fila esperando para ser atendidos, sem nenhum retorno até que fomos informados que simplesmente não voaríamos naquele dia.

Foi uma sensação absurda de total impotência e muito estresse, tentando resolver com a companhia o que seria feito. Fato é que foram quase 2h de discussão para que oferecessem alternativas viáveis. Honestamente foi horrível e não recomendo para ninguém!

No caso desse tipo de caso de preterição, a companhia aérea deve:

  • Pagar uma compensação financeira no valor de 250 “Direitos Especiais de Saque” (DES) no caso de voos domésticos e de 500 DES para voos internacionais. O DES é uma moeda do FMI cujo preço varia diariamente, e o valor pode ser consultado no site do Banco Central do Brasil (bcb.gov.br). Atualmente o valor dela é de 1 Direitos Especiais de Giro igual a 5,59 Real brasileiro.
  • A companhia aérea deve oferecer ao passageiro opções de reacomodação em outro voo (próprio ou de outra empresa, na primeira oportunidade), reembolso integral ou execução do serviço por outra modalidade de transporte. A escolha da alternativa sempre deve ser do passageiro.
  • Deverá também prestar assistência material de acordo com o tempo de espera no aeroporto, conforme o caso, como hotel, alimentação e transporte até o próximo voo, etc.

Passando por qualquer um desses problemas, entre em contato com a companhia aérea no balcão do aeroporto ou pelos canais oficiais de atendimento do consumidor da mesma. Se a tentativa de resolução com a companhia aérea não for suficiente para resolver seu problema, passa a ser preciso tomar outras medidas, como ações e reclamações oficiais, incluindo indenizações em dinheiro, que é o que a Liberfly ajuda a fazer.

Importante dizer que o prazo para solicitar uma compensação no Brasil é de 5 anos desde o caso ocorrido, enquanto na União Européia o prazo pode chegar até 6 anos.

Como funciona a Liberfly

atraso voo Liberfly

A Liberfly media soluções, ou seja, faz todo o trabalho chato e burocrático de você ir atrás do seus direitos, sem que seja nada chato e burocrático para você. Eles atuam auxiliando em casos de qualquer voo que tem partida ou destino ao Brasil e também em voos internos na Europa.

Uma vez tendo um desses problemas, sem uma solução por parte da companhia aérea ou querendo uma indenização, basta você entrar em contato com a Liberfly pelo site e enviar os detalhes do que aconteceu com seu voo.

Há um formulário para preencher relatando o problema e uma vez enviado, um dos especialistas da empresa entra em contato com você o mais rápido possível para resolver a questão.

Tudo isso é gratuito e a empresa só ganha a taxa de prestação de serviço se você ganhar a ação. Ou seja, toda burocracia fica com eles e isso é muito bom! E no final, com a ação resolvida, o valor da causa é depositada diretamente na sua conta cadastrada.

Para saber: cerca de 60% de todas as reclamações são resolvidas e finalizadas em menos de 3 meses!

Chega de passar perrengue numa viagem! Vambora ir atrás dos seus direitos?

+ info: https://www.liberfly.com.br

*Post Publieditorial

*** VEJA TAMBÉM:
Veja as mudanças da Anac para os viajantes, incluindo nova cobrança de bagagem
Bagagem de mão: confira se sua está de acordo com as novas regras!
Guia básico de como acumular e usar milhas para viajar

Planeje aqui a sua viagem!

Blog Vambora!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ir para o topo